OLX: Local para vender sua moto usada

Saiba um pouco sobre a OLX, uma das plataformas que mais anuncia a compra e venda de moto usada no Brasil.

OLX, a história

Há mais de 10 anos no mercado brasileiro, a plataforma OLX tem como foco o empoderamento de pessoas e a autonomia por meio da tecnologia para facilitar a compra ou venda para os usuários terem mais rapidez, segurança e lucro.

A OLX é bastante indicada para quem trabalha com entregas e deseja ter um meio de trabalho que ajude nas despesas, além das motocicletas terem virado popular entre a população, devido ser um veículo pequeno e rápido para dirigir na cidade.

A plataforma dá a possibilidade de anúncio em duas formas: a versão gratuita (de 1 a 40 anúncios grátis por mês, isso depende do que você vai vender) e o plano profissional (valor a partir de R$59,90, para várias categorias, suprindo a necessidade de quem anuncia muito). O pagamento pode ser recebido do jeito que o vendedor preferir, como por OLX Pay, dinheiro em mãos ou transferência bancária.

É preciso saber como vender sua moto com segurança. Além disso, separamos algumas dicas para que você venda sua moto usada na OLX garantindo a eficácia da venda.

Informações sobre a moto usada e dados para contato

 Os anúncios mais procurados são aqueles que passam as informações necessárias, sem ser insuficiente, por isso faça algo bem claro e o objetivo, um texto que atrai compradores por conta da avaliação completa das características e da qualidade da moto, a descrição exata é muito importante para evitar problemas na hora da venda.

 Por exemplo, descreva dados importantes como a marca/modelo e ano da moto, assim como as condições dela (estado da pintura, km, acessórios, conservação, pneus, sobre as últimas revisões etc.)

 Além disso, inclua seus dados como localização (estado, cidade e bairro) e contato (número de telefone ou celular e endereço de e-mail) para que ocorra uma agilização de negociação com o potencial comprador.

Foto do anúncio da venda da moto na OLX

 Todo cuidado e detalhes devem ser bem-feitos para vender uma moto com segurança, e um dos recursos mais importantes de venda é a foto da moto usada. Devido a isso, escolha fotos de qualidade que possuam boa definição (boa iluminação, atuais, apenas com o produto) e que seja compatível com a descrição do veículo, para não haver prejuízos ao vender.

O limite de foto é você quem decide, mas é aconselhável ter, pelo menos, 4 fotos (com uma ampla, para visualizar toda a moto e as outras de detalhes que valham a pena, como acessórios, banco, painel etc.). Assim, os usuários interessados podem ver como ela é e se as características são válidas.

Obs: Use marca d ‘água no centro da foto com seu nome e/ou número, para evitar qualquer roubo de imagem que possa lhe causar problemas futuros.

Valor da moto usada pela Tabela Fipe de moto

Aplicar o valor de um produto é uma tarefa complicada, mas deve ser condizente com a qualidade apresentada. Por isso, no caso de uma moto usado, é importante pesquisar preços compatíveis com a sua, a Tabela Fipe de moto é um dos principais meios de avaliação para chegar a um preço adequado, lembrando sempre das características que aumentam ou diminuem o preço, por isso deve ter uma observação antes da precificação final.

Além disso, tenha em mente a negociação, para que haja uma fácil venda com o potencial comprador. 

Por fim, saiba que vender uma moto usada precisa de atenção, para nenhum dos envolvidos terem prejuízos, na OLX você pode controlar como vai vender e compartilhar os detalhes necessários com segurança.

Perguntas frequentes sobre a tabela fipe de moto

A tabela fipe de moto é um meio de consulta que serve como base referencial de preços médios de motos, para a venda de motos novas e usadas a partir do que foi ofertado por vendedores no mercado brasileiro. Além disso, é importante como indicador para, por exemplo, tributos, seguros, financiamentos, contratos, etc.

Tabela fipe de moto não é o preço final de uma moto

É preciso saber que a tabela não é o que determina o preço final da moto (ou que seja regra), mas sim um método de partida para análise de venda e avaliação. Isso é, pesquisadores baseiam-se na coleta de preços das motos novas e usadas, descartando preços muito alto, muito baixo ou com baixas observações estatísticas, gerando índices e indicadores, para os preços médios.

A análise na Tabela fipe pode ser realizada de acordo com a versão, motorização e ano-modelo de uma moto, a sua conservação, algumas diferenças pontuais (exemplo, cor e acessórios), e, em alguns casos, a sua localização (alguns tipos de veículos são melhores para uma região específica), podendo, dessa forma, variar.

Preço da moto

É preciso saber que a tabela fipe não é o que apenas determina o preço da moto, mas sim um método de partida para análise de venda e avaliação.

A análise pode ser realizada de acordo com a versão da moto, motorização e ano-modelo, a sua conservação, algumas diferenças pontuais (exemplo, cor e acessórios), e, em alguns casos, a sua localização (alguns tipos de veículos são melhores para uma região específica), podendo, dessa forma, variar.

Se você já tentou vender a sua moto usada, uma das primeiras perguntas que você faz a si mesmo é: quanto vale o preço da tabela fipe para moto usada como a minha?

E ainda mais: Será que este valor apresentado vai ser o valor final da minha moto usada? Abaixo vamos falar sobre fatores que influenciam no valor final do seu usado e que podem fazê-lo valer mais ou menos que o preço da tabela fipe.

Fatores que influenciam o preço da tabela fipe para moto usada

Alguns aspectos devem ser levados em consideração na hora de vender sua moto usada e que podem impactar no preço de venda e o valor do veículo da tabela fipe. Abaixo listamos alguns pontos que devem ser considerados e impactam no valor final da moto seminova em comparação com o preço da tabela fipe de um veículo:

Motos usadas que sofreram colisão leve ou média (o preço final pode chegar a 80% do valor descrito na tabela fipe); Motos com quilometragem acima da média (o preço final pode chegar a 85% do valor descrito na tabela fipe); Motos que não sofreram nenhum tipo de colisão, que estão dentro da média de km e que possuem um histórico completo de manutenção (o preço final pode chegar a 110% do valor descrito na tabela fipe).

Obs: Estes percentuais são apenas uma referência, visto que além disso existem outros que influenciam no valor de mercado do seu veículo, como modelo, conservação, cor e até região do país. Para ter um valor mais exato é importante buscar uma empresa especializada para realizar esse tipo avaliação, onde será feita vistoria completa para para determinar o seu real estado, além de uma pesquisa de mercado para entender os valores médios para determinado tipo de veículo na região.

tabela fipe, moto usada, moto semi-nova

A tabela fipe de motos: sua importância e onde consultar

A tabela fipe de motos é a principal referência no Brasil para quem deseja comprar ou vender motos usadas ou seminovas. O índice fipe é baseado em uma coleta de dados que considera o preço de carros, motos e caminhões em todo o território nacional. O preço considera motos novas e usadas. Além disso, o preço da fipe é atualizado mensalmente, refinando os detalhes.

Você pode consultar rapidamente e de forma gratuita o preço dela para o seu veículo novo ou usado a partir dos links abaixo:

Abaixo você tem acesso ao preço de motos novas ou usadas:

Abaixo você tem acesso ao preço de carros novos ou usados:

Abaixo você tem acesso ao preço de caminhões novos ou usados:

Observação importante

Uma observação importante e que deve ser levada em consideração: A tabela fipe não é o único fator para definir qual será o preço final de venda de uma moto nova ou usada. Vários outros fatores podem determinar o valor de mercado da sua moto, como: Estado geral da moto, mecânica e conservação da moto, se a moto já foi batido ou não, se a documentação está em dia, entre outros. Ou seja, a tabela fipe não é o principal meio de se precificar um veículo na hora da venda ou compra de uma moto.

O valor apresentando na tabela fipe serve apenas como uma referência para o cálculo dos seus impostos e seguro. A forma mais correta para se obter o preço mais real do valor final de uma moto é consultar o preço de mercado da moto, que é influenciado por diversos fatores, incluindo se ele está sendo procurado pelo mercado.

Ao querer vender sua moto, um dos maiores questionamentos é como valorizar e conseguir um preço acima da tabela fipe. Mas quais itens são avaliados e como cuidar da sua moto usada para fazer com que ele tenha um preço melhor no mercado?

Como definir um valor para vender sua moto usada?

Procure locais ou pessoas que estejam vendendo o mesmo seminovo que o seu, tente se ater ao ano-modelo para ter um referência condizente com sua moto. Nessas buscas, procure fatores que diferenciam sua moto das demais, ou seja, alguns atrativos positivos que vão servir como argumento de venda na hora de negociar.

Existem alguns fatores que influenciam no preço final da sua moto: estado de conservação, quilometragem e histórico do veículo. Esses quatro pontos são os principais e que mais vão influenciar no preço de venda da sua moto.

Como ter mais chance de vender seu veículo acima da tabela fipe?

Agora, se você quer vender seu seminovo um pouco acima da tabela fipe, você deve fazer uma vistoria geral na moto. Conferir toda a parte mecânica do mesmo, como sistema de suspensão, direção, freios, luzes e pneus. Além da parte mecânica da moto, a estética deve estar em dia, como pintura em bom estado de conservação. Além de tudo o que foi dito, não devemos levar em consideração apenas do preço da moto usado pela tabela fipe. O meio correto é consultar o preço de mercado do veículo usado, que é influenciado por diversos fatores acima mencionados e se ele está sendo procurado pelo mercado.